2018-5-14

NEGÓCIOS

Vendas de smartphones em queda na Europa Ocidental

O primeiro trimestre de 2018 assinalou saturação do mercado europeu de smartphones, com vendas a cair 6.3% no Q1, face ao ano anterior, a maior queda registada num único trimestre, segundo a Canalys

Este declíneo foi sentido maioritariamente na Europa ocidental,  com um total de 20.1 milhões de unidades vendidas, um declínio de 13,9%. A Europa central e de leste, apesar de representar um mercado mais pequeno, apresentou um crescimento de 12,3%, com 15,9 milhões de unidades vendidas, impulsionadas maioritariamente pela Rússia.

“Esta é uma nova era para os smartphones na Europa”, refere Ben Stanton, analista na Canalys. “Os poucos mercados em crescimento que restam não são suficientes para contrabalançar os que já estão saturados. Estamos a passar de uma era de crescimento para uma era cíclica. Isto apresenta um novo desafio, e prevemos que várias marcas mais pequenas saiam do mercado nos próximos anos.”

 

Adaptando-se às novas dinâmicas de mercado, os três principais fabricantes tiveram resultados divergentes:

  1. A Samsung manteve a liderança, com 15 milhões de smartphones vendidos, mas caiu 15% em relação ao ano passado, como resultado da pressão posta pela Huawei e Xiaomi nas gamas baixa e intermédia. Contudo, o preço elevado do Galaxy S9, bem como o seu lançamento antecipado, ajudou a Samsung a impulsionar o seu valor de venda em 20%.
  2. A Apple vendeu mais de 10 milhões de unidades, mas ainda assim caiu 5.4%. Em termos de modelos, o iPhoneX caiu ligeiramente, representando 25% das vendas, mas manteve-se o smartphone mais vendido na região. O portfólio alargado da Apple vai-se manter uma mais valia, uma vez que mais de 25% das suas vendas equivalem aos iPhone SE, 6 e 6S: modelos com mais de dois anos.
  3. A Huawei rompeu com a tendência, crescendo 38,6% e vendendo 74 milhões de unidades. Destas, mais de um milhão foram do novo modelo P Smart durante o seu primeiro trimestre completo. Contudo, o atraso do seu produto principal, P20, em comparação com o seu equivalente do ano passado, P10, fez com que apenas uma pequena proporção das suas vendas tenham sido modelos topo de gama este trimestre.

 

Marcas mais pequenas, como a Alcatel, Sony e LG sofreram perdas significativas este trimestre.

 

Recomendado pelos leitores

Princípio de Peter comprovado - promovemos pessoas até ao seu grau de incompetência?
NEGÓCIOS

Princípio de Peter comprovado - promovemos pessoas até ao seu grau de incompetência?

LER MAIS

Escassez de profissionais - desafios de recrutar em IT e a importância de reter talento
NEGÓCIOS

Escassez de profissionais - desafios de recrutar em IT e a importância de reter talento

LER MAIS

TP-Link Portugal anuncia crescimento de 25%
NEGÓCIOS

TP-Link Portugal anuncia crescimento de 25%

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 51 Outubro 2018

IT CHANNEL Nº 51 Outubro 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.