2018-11-02

NEGÓCIOS

TP-Link Portugal à procura de ganhar terreno no mercado empresarial

O fabricante de dispositivos de rede ultrapassou os 7 milhões de euros de volume de negócio em 2017, um crescimento de 25% face a 2016. O mercado empresarial está a crescer 18%, valor que a TP-Link espera que aumente até ao final do ano

A TP-Link, incluindo a sua submarca de telemóveis Neffos, revelou ter faturado 7,7 milhões de euros em Portugal, um aumento de cerca de 25,39% face aos 6,1 milhões de euros de faturação em 2016. Ao todo, foram 1,56 milhões de produtos comercializados no mercado nacional, com duas áreas a destacarem-se pela positiva: SmartHome, que cresceu 40% de um ano para o outro, e smartphones, comercializados sob a marca Neffos – com uma faturação superior a 1.9 milhões de euros em 2017 (361.61% relativamente a 2016). “Os smartphones Neffos estão a chegar a cada vez mais Parceiros e a ser muito bem aceites, o que nos está a permitir crescer em torno de 80% este ano, na área dos smartphones”, destaca Vítor Pires, channel account manager.

 

B2B é estratégico

O mercado empresarial “cresceu 2,5% em 2017”, adianta ao IT Channel, e em 2018 o crescimento está a ser consideravelmente mais acentuado – Vítor Pires avança que a TP-Link está a crescer 18% no B2B, esperando fechar o ano civil com um aumento das vendas superior a 20%. “O mercado empresarial é estratégico para nós, de tal modo que a TP-Link decidiu, no ano passado, ampliar os recursos desta divisão, em Portugal, com a contratação de Bruno Vicente, key account B2B e de Carlos Costa, pre-sales engineer”, destaca, dizendo que o investimento em mais recursos e numa “melhor abordagem” ao negócio B2B está relacionado com o crescimento da TP-Link neste segmento. Ao longo deste ano a TP-Link teve “alguns projetos interessantes”, segundo o channel account manager, que contribuíram para impulsionar o negócio empresarial “para um nível muito satisfatório”. Vítor Pires reforça que o mercado empresarial é “uma área de investimento chave” para o fabricante.

 

Canal com peso superior a 40% nas vendas

Em Portugal, o Canal B2C e B2B representa mais de 40% das vendas totais da TP-Link. “Estamos a crescer em ambos os segmentos, no Canal, que é um foco importante para a TP-Link”, realça o channel account manager. “O modelo de distribuição é cem por cento indireto, já que não vendemos diretamente a clientes finais. Os nossos Parceiros são muito importantes para nós e estamos a apostar em força no Canal”, assegura.

 

60 Parceiros e cinco mil clientes ativos

A TP-Link destaca o desempenho do seu Partner Program, que já conta com mais de 60 Parceiros em Portugal (que representaram 26% das vendas totais da TP-Link no Canal) e em torno de cinco mil clientes ativos. O fabricante não pretende desviar-se muito destes números: “Entendemos que em torno de 60 a 70 Parceiros é suficiente para endereçar o nosso mercado”. Ao longo deste ano a TP-Link tem vindo a concentrar mais recursos, humanos e financeiros, no Canal, onde o fabricante ainda diz ter “grande espaço para crescer”.

No B2C, a prioridade é investir em marcar mais presença nas lojas dos seus Parceiros e também no e-commerce. “As soluções de smart home e os smartphones Neffos serão a nossa principal ferramenta para alcançar maior presença”. Do lado do B2B, a atenção volta-se para manter relacionamento “direto” com os Parceiros e criar “relações de negócio fortes e de confiança”, fatores que Vítor Pires classifica de “essenciais para alcançar crescimento contínuo”. A TP-Link espera, através do seu Programa de Canal, “continuar a ganhar peso no mercado corporativo”, prometendo “exclusividade total e especializada ao Parceiro que decide aderir”.

Recomendado pelos leitores

IBM Portugal premeia Parceiros do ano
NEGÓCIOS

IBM Portugal premeia Parceiros do ano

LER MAIS

Sanções à Huawei suspensas por 90 dias
NEGÓCIOS

Sanções à Huawei suspensas por 90 dias

LER MAIS

jp.di e Huami formam parceria
NEGÓCIOS

jp.di e Huami formam parceria

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 57 MAIO 2019

IT CHANNEL Nº 57 MAIO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.