2019-5-21

NEGÓCIOS

Sanções à Huawei suspensas por 90 dias

Os Estados Unidos colocaram as sanções em suspenso por três meses, permitindo à Huawei continuar a usar componentes e programas norte-americanos durante este período

A ‘guerra tecnológica’ entre a China e os EUA, onde a Huawei entra como protagonista, parece ter descido de tom. O governo norte-americano admite deixar a Huawei e os seus parceiros comerciais adaptarem-se ao novo cenário por um período transitório de 90 dias.

“Esta autorização geral temporária dá ao setor tempo para se reorganizar e ao Departamento [de Comércio] a possibilidade de determinar as medidas apropriadas a longo prazo para as empresas de telecomunicações norte-americanas e estrangeiras, que hoje se servem dos equipamentos da Huawei para alguns serviços essenciais”, referiu o secretário do Comércio dos EUA, Wilbur Ross, em comunicado.

Esta abertura vai permitir aos utilizadores de equipamentos Huawei poderem continuar a servir-se deles de forma normal, sem prejuízo da decisão de, passados os três meses, em território dos EUA, a Huawei continuar sob ‘embargo’.

A chinesa reagiu ontem à ‘lista negra’ do governo norte-americano e dirigiu um comunicado a clientes e Parceiros onde promete estar a trabalhar em soluções para o problema e se opõe à entrada na “Entity List” do Departamento de Comércio dos EUA.

Recomendado pelos leitores

OutSystems nomeia CIO
NEGÓCIOS

OutSystems nomeia CIO

LER MAIS

S21sec tem novo Country Manager
NEGÓCIOS

S21sec tem novo Country Manager

LER MAIS

Cilnet adquirida pelo Logicalis Group
NEGÓCIOS

Cilnet adquirida pelo Logicalis Group

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 60 SETEMBRO 2019

IT CHANNEL Nº 60 SETEMBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.