2014-5-07

NEGÓCIOS

Ricoh debateu panorama livreiro na London Book Fair

A Ricoh, participou na “London Book Fair 2014”, onde revelou conclusões resultantes do estudo sobre a indústria livreira europeia e os impactos das perturbações impulsionadas pela tecnologia.

Na feira, que teve lugar em Earls Court, Londres, a Ricoh abordou os desafios e as oportunidades resultantes da nova tecnologia e perspetivou as inovações que se avizinham. Especialistas da empresa partilharam também conhecimentos sobre o passado, o presente e o futuro da indústria livreira europeia, complementados pelo novo estudo levado a cabo pela I.T. Strategies e patrocinado pela Ricoh.

O estudo, que inclui entrevistas com importantes editoras europeias, centra-se na atual viabilidade do livro impresso, no seu valor e adequação numa sociedade de comunicações rápidas, bem como na regulamentação europeia que abranda a mudança.

Destacamos, as principais conclusões:

- Na América do Norte, a impressão de livros está “a passar de impressão offset para digital”;

- O panorama editorial europeu ainda não sente o mesmo nível de pressão para mudar para a produção digital: “a pressão existe, mas a criação de edições mais pequenas e frequentes, assim como, a regulamentação de preços têm de ser mais flexíveis antes de a impressão de produção digital se tornar realmente necessária”;

- Existe uma janela de oportunidade: “As gráficas europeias que se prepararem para tornar a sua infraestrutura mais automatizada e digital não terão problemas quando for inevitável mudar para uma produção mais económica”.

Graham Moore, Diretor de Business Development da Ricoh Europa, afirma: “A adaptação plena à era digital é um enorme desafio para qualquer tipo de negócio, especialmente para editoras e gráficas. Estas não estão sozinhas, pois de acordo com um novo estudo da Economist Intelligence Unit, patrocinado pela Ricoh, 71% dos líderes empresariais europeus afirmam que a sua empresa enfrentou problemas moderados ou graves ao nível da tecnologia durante os últimos 3 anos. As editoras e gráficas também enfrentam os seus próprios desafios no que diz respeito a transtornos causados pela alteração dos hábitos de leitura, e-books e modelos de publicação digital.”

Durante o evento, a Ricoh apresentou o seu portefólio de soluções inovadoras para editores de publicações, criadas para dar resposta às necessidades de produção atuais; incluem-se a impressão a pedido em quantidades mais reduzidas, que reduz os custos de armazenamento, e soluções de produção local para baixar as despesas de distribuição. O portefólio é extremamente flexível para assegurar que as editoras produzem conteúdos acessíveis através de um leque de canais e dispositivos. Os especialistas da Ricoh também aconselharam sobre a forma como as editoras podem preparar os seus modelos de negócio para o futuro.

Moore acrescenta: “O estudo da I.T. Strategies destaca alguns desafios e oportunidades interessantes para a indústria livreira europeia. O estudo confirma a nossa própria experiência que mostra que agora seria a altura ideal para as gráficas europeias planearem um futuro digital e tirarem proveito de futuras mudanças impulsionadas pela tecnologia. Foi com satisfação que contribuímos para os debates na London Book Fair e percebemos de que outras formas podemos trabalhar com as editoras, que continuam a adaptar-se aos requisitos dos clientes e às alterações de mercado, ao mesmo tempo que mantêm o seu espírito de inovação”.

Recomendado pelos leitores

Schneider Electric estabelece Parceria com a Brinc
NEGÓCIOS

Schneider Electric estabelece Parceria com a Brinc

LER MAIS

Primavera distingue Parceiros do ano
NEGÓCIOS

Primavera distingue Parceiros do ano

LER MAIS

Gfi compra i2S para crescer no setor dos seguros
NEGÓCIOS

Gfi compra i2S para crescer no setor dos seguros

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 61 OUTUBRO 2019

IT CHANNEL Nº 61 OUTUBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.