Sérgio Azevedo | Managing Director da Streamroad Consulting em 2019-1-02

NEGÓCIOS

Planear o marketing para 2019: já está atrasado?

planeamento atempado das ações de marketing é uma peça fundamental para o crescimento das empresas e deve acompanhar as mudanças do mercado. Ter sempre um olho no futuro e outro no presente garante a preparação necessária para ultrapassar dificuldades e atingir objetivos

Se 2018 ainda nem acabou e já está preocupado com o planeamento estratégico de marketing do próximo ano, saiba que tem razões para isso. As grandes ações e estratégias de sucesso criadas pelas marcas nascem de um planeamento prévio e atempado das ações de marketing a implementar no ano seguinte.

E quando falamos da importância desta antecipação no planeamento do marketing referimo-nos a medidas que devem ter em consideração uma série de fatores, como as tendências do ano seguinte, os orçamentos disponíveis, as metas de curto e longo prazo e os canais escolhidos.

 

Tendências para 2019

As mudanças e as transformações no marketing estão a acontecer a um ritmo impressionante, sempre que surge uma nova tecnologia, processo inovador ou trend topic. Por isso, é importante estar atento às novidades do mercado, nomeadamente na relação com o cliente/consumidor. É a partir dessa análise que as possíveis tendências serão consolidadas.

No entanto, para colocar essas tendências em prática, é preciso muita organização.

O plano de marketing anual deve ser, por isso, completo e, sobretudo, atempado. E, seja qual for o plano da sua empresa para este próximo ano, provavelmente deve incluir pelo menos alguns dos elementos que a seguir expomos.

 

Negócio focado na experiência do cliente

Se existe um conceito de negócio que permeia praticamente todos os setores, tanto B2B quanto B2C, é a experiência do cliente. Embora as empresas B2C tenham percebido isso há já muito tempo, só mais recentemente o setor B2B reconheceu que para ter sucesso nos negócios é preciso trabalhar uma abordagem centrada no cliente.

Na verdade, a implementação de uma estratégia de marketing centrada no cliente está a tornar-se cada vez menos uma escolha e cada vez mais uma necessidade. Isto significa que a ideia de responder a uma necessidade do cliente, fazer a venda e depois nunca mais falar com o cliente está definitivamente a ficar para trás e a abrir caminho à ideia de que todos os produtos ou serviços giram em torno do cliente, levando-o a continuar a estabelecer negócios com a sua empresa.

 

Amadurecimento do marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo vai reforçar a sua posição como o preferido do marketing B2B em 2019. Com efeito, o marketing de conteúdo B2B procurará cada vez mais criar e distribuir conteúdo valioso, relevante e consistente para atrair e reter um público claramente definido. Procure, por isso, dar menos ênfase à quantidade de conteúdo que divulga e colocar mais foco na criação de conteúdo de qualidade e original. Além disso, as empresas serão cada vez mais guiadas por planos de marketing de conteúdo estratégicos que direcionam os esforços de maneira muito mais intencional, precisa e na mouche.

 

Atenção ao dinheiro

A parte financeira é uma área que causa alguma dor de cabeça aos empresários. Por isso, em alguns casos, o setor do marketing é negligenciado e demasiadas vezes não é devidamente quantificado no plano de negócios para o ano seguinte. No entanto, pensá-lo com antecedência é o que faz com que as ações sejam bem-sucedidas e proporcionem o ROI pretendido.

Por isso, controle e aplique métricas que permitam antecipar receitas, investimentos e gastos. Isto passa por determinar quais as ações a implementar ao longo do ano e que orçamento deve ser destinado a campanhas de marketing, à criação ou desenvolvimento de novos canais de comunicação, à formação das equipas e à realização de eventos.

Mesmo com as devidas projeções financeiras, algumas ações podem não ser realizadas ao longo do ano. Contudo, um atempado planeamento permitirá classificar a importância dessas ações, garantindo que as mais importantes – leia-se as que mais hipóteses têm de gerar negócio – não ficam para trás ou adiadas para o ano seguinte.

 

Em resumo

Estes são apenas alguns exemplos de como as empresas podem beneficiar se planearem com a devida antecedência e com os olhos postos nas tendências futuras o seu marketing em 2019.

Para se diferenciar num mercado tão competitivo, é preciso estar sempre um passo à frente. Não é por isso demais sublinhar que estar por dentro das principais tendências de marketing e aplicá-las no seu plano de Marketing é vital para seu sucesso no ano que aí vem.

A utilização correta destas estratégias garantirá assertividade, modernidade e, consequentemente, rentabilidade para a sua empresa.

Recomendado pelos leitores

Dell entra em bolsa cinco anos depois
NEGÓCIOS

Dell entra em bolsa cinco anos depois

LER MAIS

Valor da Apple desceu 450 mil milhões em apenas três meses
NEGÓCIOS

Valor da Apple desceu 450 mil milhões em apenas três meses

LER MAIS

Claranet passa a utilizar marca única a partir de 2019
NEGÓCIOS

Claranet passa a utilizar marca única a partir de 2019

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 53 Dezembro 2018

IT CHANNEL Nº 53 Dezembro 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.