2017-10-09

NEGÓCIOS

Gastos globais com IT deverão ultrapassar os 2 biliões de dólares em 2018

A Gartner prevê que os gastos mundiais com IT cheguem aos 2,2 biliões de dólares em 2018, um aumento em relação a 2017, onde deverão totalizar gastos de cerca de 2,1 biliões

Os serviços de IT e o software empresarial continuam a ser dois segmentos onde o crescimento é mais forte. Os gastos com software deverão crescer 8,5% em 2017, sendo que em 2018 o crescimento deverá ser de 9,4%, totalizando os 287 mil milhões de dólares. Os gastos com serviços de IT estão previstos aumentar 4% em 2017 e 5,3% em 2018, chegando as 931 e 980 mil milhões de dólares, respetivamente.
O segmento de devices poderá também crescer pela primeira vez em dois anos – 5,3% em 2017 e 5% em 2018. O aumentos dos preços médios de venda dos smartphones nos mercados maduros, bem como uma procura por PC por parte de empresas que se estão a atualizar para o Windows 10, conduzem este crescimento, revela a Gartner.

“Olhando para as oportunidades de mercado– quão lucrativo um mercado é, quão grande e quão rápido está a crescer hoje e nos próximos anos– identificámos os principais mercados para onde as empresas se devem voltar em 2018”, refere John-David Lovelock, research vice president, Gartner. “Os gastos globais com IT estão a mostrar um pequeno crescimento, visto tratarem-se de mercados tradicionais. Estes 10 principais mercados serão a chave para continuarem revelastes e crescerem no futuro”.

Os 10 mercados mencionados pelo research vice president incluem três segmentos de cloud (Infrastructure-as-a-Service, Integrated platform–as–a-Service e Communications Platform-as-a-Service), e advêm de tecnologias impulsionadoras do local de trabalho digital.

“O panorama dos gastos com IT está a alterar-se: a transformação digital do negócio é um esforço para criar plataformas conectadas e novas fontes de receitas industriais”, enaltece John-David Lovelock. “As organizações que não estão a criar novos modelos de negócio ou novas formas de se relacionar com os seus clientes ficarão para trás. Os fabricantes que não se moverem mais rápidos que os seus clientes ficarão muito para trás”.

Recomendado pelos leitores

Gartner inclui Claranet no Quadrante Mágico de DCO/HIMS
NEGÓCIOS

Gartner inclui Claranet no Quadrante Mágico de DCO/HIMS

LER MAIS

SAS reúne Parceiros e clientes para debater impacto da nova Norma IFRS17
NEGÓCIOS

SAS reúne Parceiros e clientes para debater impacto da nova Norma IFRS17

LER MAIS

Abel Aguiar é o novo diretor executivo de Parceiros e PME da Microsoft
NEGÓCIOS

Abel Aguiar é o novo diretor executivo de Parceiros e PME da Microsoft

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 49 Julho 2018

IT CHANNEL Nº 49 Julho 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.