2019-1-11

NEGÓCIOS

Fujitsu partilha previsões para o Canal

A escassez de talentos, edge computing, cloud híbrida, blockchain e o regresso ao modelo de dois fornecedores serão as principais tendências a marcar o ano de 2019

A Fujitsu divulgou as suas previsões anuais para 2019, detalhando os desafios e oportunidades que o Canal virá a encarar ao longo do próximo ano.

1. A escassez de competências continua a ser uma realidade

A procura de competências chave continuará a ser superior à disponibilidade durante 2019. À medida que mais empresas levam a cabo a sua transformação digital, cada vez mais será exigido aos colaboradores que tenham capacidades específicas para as ajudarem a aproveitar novas tecnologias. Todavia, estudos recentes que efectuámos sugerem que muitas empresas actuais terão, muito provavelmente, dificuldade em atrair e reter pessoas com as competências necessárias, uma vez que os locais de trabalho continuarão a ter ambientes que ficam aquém das expectativas dos trabalhadores.

2. A mudança para a network edge representa uma oportunidade única para os Parceiros de Canal

A adopção da IoT continuará a avançar para o mainstream, com uma progressão lenta, mas firme, para a edge. Tanto a computação network edge como a recolha de dados edge vão continuar a aumentar de importância, impulsionadas parcialmente pelo advento das redes 5G. Ajudar as empresas a aproveitar totalmente o seu potencial será tarefa fácil para os parceiros com as competências apropriadas, mas não é demasiado tarde para que outros adquiram as competências relevantes.

3. A hybrid cloud é uma oportunidade para o canal

O próximo ano também representa uma oportunidade significativa para o Canal ajudar as empresas a gerir ambientes Hybrid enquanto transitam alguns dos seus principais volumes de trabalho para a cloud. Por muito que a maioria das empresas gostasse de se tornar nativa da cloud, a realidade é que muitas têm investimentos consideráveis efectuados no hardware on-premise de que continuam a depender, tornando os ambientes híbridos uma opção atractiva. Todavia, a maioria precisa de ajuda para gerir a complexidade.

4. Transição de volta para modelo de dois fornecedores para dispositivos terminais

Problemas recentes na cadeia de fornecimento de CPU originaram algumas retracções no mercado. Porém, este deverá assistir a um aumento da procura de equipamentos terminais em 2019, incluindo PCs, laptops, workstations, tablets e dispositivos IoT. Para ir ao encontro da procura, as empresas deverão regressar ao modelo de dois fornecedores, o que aumenta também a escolha para os consumidores.

5. Blockchain está à beira de se tornar uma realidade

Ao longo da última década temos visto que, em ciclos de três anos, tecnologias como a cloud, a IoT ou a IA deixam de ser sobrevalorizadas e subdesenvolvidas para se tornarem mainstream. A próxima é a Blockchain, que na minha opinião deverá transitar do hype actual para a realidade empresarial nos próximos 12 a 18 meses. Tal será impulsionado pela sua capacidade de gerir o fluxo de registo e a autenticação de contratos. As implicações para o Canal vão passar por começarmos a ver a Blockchain a entrar nas cadeias de abastecimento, sendo que as empresas do Canal também vão passar a ser cada vez mais chamadas para auxiliar em implementações em sectores verticais chave. Além do setor financeiro e da banca, é provável que o retalho também se torne um early adopter.

Recomendado pelos leitores

Schneider Electric estabelece Parceria com a Brinc
NEGÓCIOS

Schneider Electric estabelece Parceria com a Brinc

LER MAIS

Primavera distingue Parceiros do ano
NEGÓCIOS

Primavera distingue Parceiros do ano

LER MAIS

Gfi compra i2S para crescer no setor dos seguros
NEGÓCIOS

Gfi compra i2S para crescer no setor dos seguros

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 61 OUTUBRO 2019

IT CHANNEL Nº 61 OUTUBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.