2020-11-16

NEGÓCIOS

Advertorial

Fornecedores do setor público: é hora de aderir à faturação eletrónica

A data limite da implementação da faturação eletrónica para os fornecedores do setor público está a chegar. Conheça a calendarização em vigor

Faturação eletrónica obrigatória para fornecedores do setor público

A faturação eletrónica, além de uma obrigação legal das entidades públicas ou empresas fornecedoras de bens e serviços às entidades do Estado, surge como uma oportunidade de agilizar a faturação e reduzir custos inerentes a este processo.

Em Portugal, com a publicação do Decreto-Lei n.º 14-A/2020, de 7 de abril, que altera o prazo de implementação da faturação eletrónica nos contratos públicos, imposta no Decreto-Lei nº123/2018, de 28 de dezembro), o caminho para o fim definitivo das faturas em papel foi iniciado. A burocracia e os recursos desperdiçados, nomeadamente em papel, deixaram de ser uma realidade para os fornecedores do setor público e dão, agora, lugar a um aumento da rapidez e agilidade no envio das faturas, impulsionando, simultaneamente, o combate à evasão fiscal.

Assente na normalização, otimização e automatização processual, esta obrigatoriedade prevê a redução dos prazos de pagamento, dos custos de operação e de transação e a garantia de maior fiabilidade e transparência em todas as atividades do processo de faturação.

A YET promoveu uma sessão de esclarecimento online (Webinar) com o tema: Faturação eletrónica nos Contratos Públicos. Assista a este webinar e saiba como garantir o cumprimento de todos os requisitos e obrigações impostas pela lei, ao mesmo tempo que acelera os processos administrativos relacionados com o tratamento de documentos comerciais.

Quando entra em vigor?

2020 e 2021 são os anos da faturação eletrónica para os fornecedores do setor público. Para simplificar a adesão a este novo modelo, o Governo decidiu alterar os prazos para implementação de um software de faturação eletrónica para o envio de faturas aos organismos públicos, de acordo com o tipo de entidade:

  • 31 de dezembro de 2020 – Grandes Empresas (com mais de 250 funcionários ou volume de faturação superior a 50M€ ou balanço de 43M€);
  • 30 de junho de 2021 – Pequenas e médias empresas;
  • 31 de dezembro de 2021 – Microempresas e outros fornecedores do setor público.

Fatura eletrónica nos Contratos Públicos disponível nas soluções YET

A nova obrigatoriedade legal que os fornecedores do setor público terão de cumprir implica a adoção de uma solução tecnológica para o envio de faturas eletrónicas que garanta o cumprimento Decreto-Lei n.º 14-A/2020.

Liberte-se da carga administrativa pesada. Concentre os seus recursos em tarefas que realmente criam valor para a organização com a solução de faturação eletrónica da YET. Assegure o cumprimento de todos os requisitos e obrigações impostos pela lei, ao mesmo tempo que impulsiona a produtividade com uma solução que responde às exigências do contexto atual.

Adira já a esta solução e simplifique o processo de adesão à fatura eletrónica!

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela YET.

TAGS

YET

Recomendado pelos leitores

Dynabook Portugal anuncia diretor comercial
NEGÓCIOS

Dynabook Portugal anuncia diretor comercial

LER MAIS

AWS anuncia Parceiros do ano em Portugal
NEGÓCIOS

AWS anuncia Parceiros do ano em Portugal

LER MAIS

Sage reforça aposta na digitalização
NEGÓCIOS

Sage reforça aposta na digitalização

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 72 NOVEMBRO 2020

IT CHANNEL Nº 72 NOVEMBRO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.