Sara Moutinho Lopes em 2019-1-03

BIZ

Parceiro do Mês

ActiveSys quer ser o Parceiro para a transformação digital

A ActiveSys chegou ao mercado português em 2017 e posiciona-se como uma consultora tecnológica e de Serviços de Integração de Sistemas De Informação. São mais de cinco os setores onde a empresa quer tornar a transformação digital uma realidade

ActiveSys quer ser o Parceiro para a transformação digital

Presente em Portugal há um ano e meio, a ActiveSys atua com um foco orientado sobretudo ao B2B e tem uma proposta de valor que chega a vários setores: financeiro, indústria, distribuição, utilities, tecnológicas, serviços e governo local. Com soluções “chave na mão”, a empresa tem hoje um leque de Parceiros onde estão resentes fabricantes como a Commvault, Check Point, DellEMC, F5, HPE/Aruba, Kaspersky, Lenovo, Maxiglobal, NetApp, Palo Alto, Rubrik, Samsung, Symantec e Zabbix.

A empresa conta com um portfólio onde se incluem “serviços especializados de integração de sistemas de informação”, revela David Guimarães, managing partner da ActiveSys, que endereçam a área da proteção e gestão da informação, data center e disaster recovery, networking, segurança, comunicações unificadas e colaboração e vídeo.

“Os Managed Services e Outsourcing Especializado são áreas de grande foco”, afirma.

A empresa oferece soluções que passam pelo outsourcing, serviços de prevenção, monitorização e administração de data centers, service desk, gestão de dispositivos, contratos de manutenção e pelo fornecimento de recursos técnicos especializados aos clientes.

A empresa conta ainda com uma oferta de certificação e consultoria técnica.

“Apresentamos soluções inovadoras aos nossos clientes dos mais importantes fabricantes, essencialmente desenhadas em modelos de OPEX e ‘pay as you grow’, que vão permitir poupanças significativas, bem como flexibilizar os negócios dos nossos clientes”, comenta.

 

Crescimento e afirmação no mercado sustentam estratégia

A ActiveSys chegou a Portugal em meados de 2017 e conseguiu fechar o ano com um volume de negócios superior a 400 mil euros. Este ano, os resultados da empresa ultrapassaram as expetativas: a empresa conseguiu crescer em vários pontos.

Segundo António Louro, “as soluções fornecidas e instaladas pela ActiveSys foram um forte elemento diferenciador”, tendo dado a oportunidade à empresa de arrecadar clientes de vários setores.

“O ano de 2018 foi também muito importante pois fechámos alguns contratos de suporte continuado, com manutenção preventiva e reativa, em clientes estratégicos para a ActiveSys, abrangendo áreas distintas e core para os nossos clientes”, refere.

A empresa quer continuar a crescer em 2019 e ambiciona ultrapassar os 1,2 milhões de euros de faturação, com um crescimento homólogo de 25 a 30%.

 

Recursos humanos especializados são o principal desafio

Em 2018, a empresa duplicou a equipa e conta agora com 20 colaboradores, número que quer ampliar no próximo ano. Este requisito não é, no entanto, simples de cumprir. De acordo com Sérgio Sousa, head of professional services na ActiveSys, um dos maiores desafios com a que a empresa se depara atualmente prende-se com a obtenção de “recursos técnicos qualificados para responder às necessidades de mercado dos clientes”.

“O mercado está muito dinâmico e a procura é muito grande”. Este dinamismo reflete-se na “necessidade das organizações repensarem o seu modelo de retenção e de captação de talento criando um ecossistema atrativo e colaborativo”.

A ActiveSys está empenhada em ser bem-sucedida na componente dos recursos humanos e tem uma estratégia onde a aposta tecnológica não está dissociada da aposta nos talentos.

 

Empresas procuram consultoria

A ActiveSys identifica no mercado uma procura das empresas por “Parceiros com uma abordagem consultiva às suas necessidades e que entendam os seus modelos de negócio de modo a apresentarem soluções que flexibilizem e agilizem os seus modelos e que ao mesmo tempo lhe permitam que se tornem mais competitivos”, explica David Guimarães.

Na área da segurança da informação esta preocupação é ainda mais elevada. “Nunca a proteção aos dados e à informação foi tão importante como agora, pois os riscos são cada vez maiores e os ataques cada vez mais complexos e sofisticados”, comenta.

Segundo o managing partner, apenas soluções devidamente desenhadas, implementadas e com suporte e manutenção constantes é que podem “minimizar este tipo de comportamentos”.

Também a consciencialização e a correta formação das pessoas para este tipo de ataques são fundamentais para as empresas reduzirem o seu nível de vulnerabilidade.

A grande maioria dos riscos está dentro das organizações e nos comportamentos das pessoas e António Louro acredita que existe um “grande passo para dar nessa direção”.

“Só com ferramentas de Security Awareness e de Cyber Safety Games implementadas é que será possível dar um grande passo na minimização dos riscos”.

Nesta área, a ActiveSys trabalha e implementa uma solução que é personalizada e desenvolvida em parceria com os recursos humanos e com o IT das empresas.

A empresa está também a apostar fortemente na área de managed services e de outsourcing especializado, segurança, proteção de dados e gestão da informação.

Recomendado pelos leitores

Fortinet Engage Partner Program “foi projetado para ajudar os Parceiros a expandir os seus negócios”
BIZ

Fortinet Engage Partner Program “foi projetado para ajudar os Parceiros a expandir os seus negócios”

LER MAIS

Mercado de Infrastructure-as-a-Service deverá chegar aos 512 mil milhões
BIZ

Mercado de Infrastructure-as-a-Service deverá chegar aos 512 mil milhões

LER MAIS

Colt lança Microsoft Operator Connect for Resellers
BIZ

Colt lança Microsoft Operator Connect for Resellers

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 109 JULHO 2024

IT CHANNEL Nº 109 JULHO 2024

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.