2017-12-26

NEGÓCIOS

A importância da Comunicação Integrada de Marketing

Gostava que a sua empresa tivesse uma estratégia de comunicação e marketing eficiente? Saiba, então, que o primeiro passo é ter uma só voz e saber passar uma mensagem coerente e forte

A comunicação integrada de marketing (CIM) tem como objetivo unificar tudo o que sua empresa comunica para garantir que a voz seja sempre a mesma, independentemente do formato de conteúdo ou canal escolhido. É, aliás, uma ferramenta estratégica essencial para o desenvolvimento das empresas, contribuindo para que consigam potencializar a sua presença no mercado e destacar-se da concorrência.

Trata-se de um processo de planeamento desenhado para assegurar que todos os contactos feitos por uma empresa junto do seu cliente-alvo - para divulgar produtos, serviços ou a empresa em si - sejam relevantes para esse público e consistentes ao longo do tempo. O conceito é simples: a comunicação integrada de marketing garante que todas as formas de comunicação e as suas respetivas mensagens acompanhem um objetivo maior e único.

E todas elas funcionam melhor se trabalhadas de forma conjunta, porque a sua soma é infinitamente melhor do que cada uma das partes isoladas. Ou seja: o seu plano de comunicação empresarial deve estar em harmonia, todas as partes devem conversar entre si, a fim de garantir um resultado eficaz. Não adianta a sua identidade visual transmitir uma ideia e o conteúdo que partilha no seu website, por exemplo, transmitir outra, completamente diferente.

A mensagem que quer transmitir tem que ser objetiva, com um só ideal, ou seja, igual em todos os meios comunicativos que a sua empresa utilizar. Isto significa que todo e qualquer tipo de conteúdo que a sua empresa produz, bem como as suas estratégias de marketing direto, publicidade, comunicação nas redes sociais e assessoria de imprensa precisam de falar a mesma língua.

A comunicação integrada de marketing pode representar não só uma vantagem competitiva, no reforço na sua estratégia de posicionamento, como também pode resultar em menos sobreposição de tarefas e despesas desnecessárias. As mensagens consistentes, independentemente do canal utilizado, também garantem que a sua empresa se mantém na cabeça do seu público-alvo, aumentando o seu valor com o passar do tempo, desde que seja coerente com a sua estratégia de branding.

 

As ferramentas da CIM

Qualquer empresa que deseja desenvolver uma campanha de comunicação e marketing eficiente e bem estruturada, precisa de compreender as ferramentas disponíveis para que as possa integrar de forma organizada e coerente. O conceito de CIM baseia-se, por isso em seis formas essenciais de comunicação: Publicidade – Forma de divulgar um produto, serviço ou empresa. É paga, veiculada para grandes públicos, sendo o anunciante e as suas intenções facilmente identificadas. Utiliza vários tipos de meios, dos digitais aos tradicionais. Relações públicas e assessoria de imprensa – Tem como objetivo promover e/ou proteger uma empresa ou marca e os seus produtos. Constrói uma identidade corporativa a fim de atingir uma reputação positiva. Venda pessoal – É a venda propriamente dita, personalizada e construída através do diálogo entre comercial e cliente, “face to face”. Como atinge um número limitado de pessoas, exige know-how e eficiência. Marketing direto – Visa chegar diretamente ao cliente, de uma forma específica, interativa e inovadora, utilizando o email, o telefone e as redes sociais para criar esse relacionamento. Exige profissionais qualificados para o aplicar e permite medir o retorno de cada ação. Promoção de vendas – Incentivos a curto prazo para motivar a compra e a venda de um produto ou serviço. Normalmente possui um objetivo específico, com tempo determinado e visa impactar o cliente, agregando algum benefício extra ao produto. Para isso, utiliza estratégias como descontos no preço, incentivos a forças comerciais, programas de fidelização, entre outros. Eventos – Meio mais eficiente para criar interações entre a sua empresa e o seu público-alvo. Os eventos podem ir das palestras, congressos e seminários, aos eventos culturais e desportivos. É importante que exista uma ampla divulgação e um material bem estruturado, dando-se a devida atenção a cada detalhe, pois qualquer falha pode resultar no fracasso do evento, obtendo-se consequentemente um resultado oposto ao desejado.

 

Em resumo

Uma boa comunicação é essencial para a melhoria de processos nas organizações e para a otimização das suas atividades, influenciando positivamente no alcance dos objetivos estratégicos, sendo até um fator decisivo para a sobrevivência das empresas no mercado. No entanto, esta comunicação tem que estar alinhada com os objetivos de marketing e – sobretudo – ser feita apenas a uma só voz, de forma coerente e assertiva. Se a sua mensagem for única, torna-se mais fácil reconhecer a sua voz no meio de tanto ruído. E é através da sua voz que a empresa conseguirá criar e manter relacionamentos com os seus clientes.

Sérgio Azevedo | Managing Director da Streamroad Consulting

Recomendado pelos leitores

SAS reúne Parceiros e clientes para debater impacto da nova Norma IFRS17
NEGÓCIOS

SAS reúne Parceiros e clientes para debater impacto da nova Norma IFRS17

LER MAIS

Gartner inclui Claranet no Quadrante Mágico de DCO/HIMS
NEGÓCIOS

Gartner inclui Claranet no Quadrante Mágico de DCO/HIMS

LER MAIS

Abel Aguiar é o novo diretor executivo de Parceiros e PME da Microsoft
NEGÓCIOS

Abel Aguiar é o novo diretor executivo de Parceiros e PME da Microsoft

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 49 Julho 2018

IT CHANNEL Nº 49 Julho 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.