Paulo Rodrigues, Diretor Geral da GTI Software & Networking Portugal em 2020-6-17

CLOUD

Advertorial

Aproveitemos a oportunidade para o Canal: Teletrabalho, Cloud e XaaS

Motivados pela situação que vivemos de emergência de saúde, temos vindo a testemunhar a implementação forçada de modelos de teletrabalho e o desenvolvimento de modelos sustentados na cloud e “as a service”. Os acontecimentos recentes fizeram com que estas mudanças, em muitas empresas, fossem um desafio tendo em conta a rapidez inerente à necessidade e à improvisação, uma vez que nem todas possuíam a tecnologia necessária ou então não tinham um modelo suficientemente enraizado

Paulo Rodrigues, Diretor Geral da GTI Software & Networking Portugal

Porquê um modelo na cloud e XaaS 

São inegáveis as vantagens que estes modelos aportam, e são, claramente, mais do que uma tendência. Falamos de uma mudança radical na forma de consumir tecnologia / soluções. Muitas vezes, as pessoas falam sobre “democratização”, e isto implica uma maior facilidade para empresas e consumidores terem mais e melhores acessos e mais soluções, removendo barreiras antigas, como sejam as complexidades associadas às startups e a necessidade de orçamentos maiores em função das soluções. Agora, uma PME pode ter soluções que anteriormente nem sequer podiam ser consideradas. 

Esta mudança no consumo é acompanhada por aquilo que chamamos pay-per-use, em que as variáveis de crescimento e controlo dos negócios mudaram. O modelo XaaS pressupõe a transição para um modelo em que a faturação é realizada de forma recorrente, e é para aqueles que não querem um negócio previsível. Além disso, em empresas de pagamento mensal, de implementação simples, a escalabilidade é um crescimento essencial e exponencial. No entanto, devemos controlar a utilização das soluções por parte dos nossos clientes para que uma possível perda não diminua o seu crescimento.

Os acontecimentos recentes levaram não só à falta de fornecimento de hardware, como a dificuldades nas deslocações às instalações do cliente. Ambos multiplicaram a implementação de ambientes e infraestruturas em cloud.

Quais são as oportunidades que a implementação do teletrabalho nos oferece  

Detetámos cinco áreas-chave nas quais podemos trabalhar para ajudar os nossos clientes, ou seja, no desenvolvimento do que é necessário para promover o acesso ao teletrabalho pelas empresas. Estas áreas representam uma grande oportunidade para o Canal enquanto prescritor, Parceiro e formador de clientes. No final, aquilo a que todos chamam de transformação digital está nas nossas mãos.

Local de trabalho moderno

Definitivamente, transformámos a forma de trabalhar. Todas as empresas tiveram que estar a par da produtividade, da colaboração, da comunicação e das novas ferramentas de suporte ao negócio.

A chave do êxito do teletrabalho está em facilitar a adaptação do posto de trabalho tradicional no que à flexibilidade, colaboração, segurança e mobilidade diz respeito. É preciso, mais do que nunca, dar as condições para que as empresas possam trabalhar de forma segura, colaborativa e com opções de mobilidade.

Cibersegurança e dados

Os ataques cibernéticos aumentam de dia para dia, não apenas em frequência, mas em complexidade. Como estamos num mundo de cloud sem perímetros, a proteção de dados e as aplicações tornam-se mais relevantes. Partilhamos dados constantemente e, num mundo onde os dados crescem exponencialmente, é crucial ter soluções para a sua gestão, segurança, vigilância, e recuperação.

É obrigação de todos trabalhar em conjunto para que tudo esteja protegido. Logo, a necessidade de formação, em segurança da empresa, é essencial, e a sua aplicação deve ser baseada não só nos profissionais técnicos da empresa, mas também em cada um dos seus funcionários. A responsabilidade nesta área é de todos.

Infraestrutura

Os modelos de cloud públicos e modelos híbridos são apostas muito claras. Neste momento, estamos a constatar que é necessária uma constante implementação de novos serviços que ajudem as empresas na transformação digital e a poder usufruir de todo o potencial da cloud, isto porque a sua necessidade pela procura de recursos tem vindo a aumentar, e novas necessidades também vão surgindo.

As soluções de infraestrutura de IT, backup, disaster recovery e hiperconectividade, vão permitir que as empresas aproveitem a extensão da cloud. A poupança de custos e de espaço, bem como as opções de escalabilidade, são os argumentos através dos quais devemos tirar vantagens para dar o salto definitivo para estes novos modelos.

Gestão de serviços

Como mostrámos anteriormente, os modelos pay-per-use e a criação de serviços recorrentes são cada vez mais. Agora, o Canal tem uma excelente oportunidade para a criação de soluções vinculativas e uma proposta de manutenção e adoção de tecnologia, podendo assim acompanhar os clientes neste momento de mudança que estamos a viver.

É o momento em que temos de deixar para trás a venda baseada apenas no preço, e avançar para um serviço baseado na oferta, que agora é possível através das plataformas existentes.

Recursos e Formação

Aconselhamento personalizado, formação especializada e apoio. O Canal está disponível para fornecer formação necessária aos utilizadores para utilização correta de todas as novas tecnologias.

Aliás, podemos oferecer não só formação ao nível do utilizador, como também apostar na formação técnica e suporte, vinculado a qualquer serviço. Para além disto, temos ainda a capacidade de oferecer o apoio necessário para colocar em funcionamento soluções para os negócios, oferecendo, por exemplo, assessoria ou ferramentas de análise e reporting.

Na GTI, queremos que os nossos Parceiros tenham acesso a ferramentas que lhes permitam “desenhar” ofertas de qualidade para o desenvolvimento tecnológico do teletrabalho. Por isso, estamos a lançar iniciativas para agilizar o contacto entre Parceiros e fabricantes do setor, oferecendo-lhes a oportunidade de aprender e descobrir as soluções e metodologias que os ajudem a implementar a transformação digital da forma mais eficaz possível.

Os nossos Parceiros poderão aceder, muito em breve, a um centro de recursos com sessões formativas, documentação comercial e técnica, materiais de marketing, assim como a uma seleção de sessões ao vivo e on demand, sessões demo ou sessões one to one para esclarecimento de dúvidas.

Nesta iniciativa, participam fabricantes como Acronis, Adobe, Fujitsu, Microsoft, Poly, Radware, Red Hat, Skykick, Synology, Trend Micro, Veritas, VMware e Zimbra.

Catálogo de fabricantes que oferecem GTI

Local de trabalho Moderno: COREL, FUJITSU, POLY, SYNOLOGY, TP-LINK, WACOM, ADOBE, DROPBOX BUSINESS, SYNOLOGY

Cibersegurança: KASPERSKY, MAILINBLACK, ONE IDENTITY, RADWARE, TRENDMICRO, MICROFOCUS

Soluções de Infraestrutura IT, Backup e Hiperconectividade: ACRONIS, ARCSERVE, EXAGRID, HITACHI, MICRO FOCUS, RED HAT, RESTOREPOINT, SUSE, TEAMVIEWER, VERITAS, VMWARE, SKYKICK, ZIMBRA

IaaS e ferramentas de migração para cloud: MICROSOFT AZURE, IBM CLOUD

MICROSOFT: Ambientes Microsoft 365

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela GTI Portugal

Recomendado pelos leitores

Cisco Meraki, Networking-as-a-Service
CLOUD

Cisco Meraki, Networking-as-a-Service

LER MAIS

É altura de pensar diferente sobre a gestão da rede
CLOUD

É altura de pensar diferente sobre a gestão da rede

LER MAIS

Adoção de serviços cloud volta a acelerar
CLOUD

Adoção de serviços cloud volta a acelerar

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 68 JUNHO 2020

IT CHANNEL Nº 68 JUNHO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.