2018-3-20

SEGURANÇA

Prevenir e conter ransomware com Cisco Umbrella e AMP for Endpoints

A dispersão dos dispositivos empresariais exige proteção adequada, tanto das redes como dos próprios endpoints, e a proteção de perímetro já não é suficiente

Com a mobilidade empresarial, a informação das organizações será acedida a partir de redes não controladas. Por outro lado, nem sempre os colaboradores utilizarão VPN quando estão a utilizar serviços de Cloud. Se a VPN não está sempre ativa, a única defesa que resta é o tradicional antivírus, que não é suficiente para fazer face às novas ameaças.

Por outro lado, no passado, as filiais passavam todo o tráfego através da sede, pelo que tinham o mesmo nível de proteção. Contudo muitas têm hoje acesso direto à Internet, muitas vezes com políticas de segurança diferentes da sede. Os ataques são, cada vez mais, feitos através do elo mais fraco entre a rede da organização, a rede das filiais e os utilizadores, móveis ou não. Desta forma, as organizações precisam de estender a proteção para além do perímetro.

As organizações deverão pensar não apenas em proteger o tráfego Web, mas toda a atividade de Internet em todas as portas e protocolos. Embora muitos dos command and control (C2) maliciosos utilizem as portas tradicionais como a 80 ou a 443, a maior parte dos ataques utilizam outras portas para fazer a comunicação com a infraestrutura maliciosa para roubar ou encriptar os dados.

Assim, as organizações deverão ter uma solução de segurança que deverá proteger de toda a atividade da Internet sem necessitar de full proxy ou de mecanismos de segurança complexos.

 

Cisco Umbrella

Ao analisar e aprender padrões de atividade da Internet, o Cisco Umbrella, de uma forma automática, protege a organização das ameaças conhecidas e emergentes. Igualmente, de uma forma proativa, bloqueia pedidos maliciosos ainda antes de chegarem à rede ou a endpoints da organização.

A solução previne os periféricos de se ligarem a sites maliciosos, ainda antes de se efetuar o download do ficheiro ou uma conexão IP. Com o Cisco Umbrella a organização poderá evitar as infeções de malware e phishing, identificar os periféricos infetados mais rapidamente e prevenir o roubo de informação.

Reunir inteligência em ataques que envolvem a rede da organização é vital, mas é fundamental que possa de uma forma simples aplicar essa inteligência. O Cisco Umbrella bloqueia as novas ameaças para além do perímetro de rede da organização, em todos os lugares onde os colaboradores da organização trabalhem. Como está construído sobre a base da Internet e é uma solução cloud, o Cisco Umbrella fornece uma visibilidade completa da atividade da Internet entre todas as localizações e utilizadores.

Assim, o Cisco Umbrella funciona como a primeira linha de defesa. Desta forma, as equipas de segurança terão poucas infeções de malware para remediar e as ameaças irão parar antes de causar qualquer dano.

Ao mesmo tempo, evita Commands and Control callbacks independentemente da porta ou do protocolo e fornece relatórios em tempo real desta atividade, entregando visibilidade crucial para resposta aos incidentes. O Cisco Umbrella é o produto de segurança mais simples de instalar. Apenas terá de apontar o DNS para o IP da rede global do Umbrella e automaticamente estará a proteger todos os equipamentos da rede, filiais e utilizadores móveis. E, como é fornecido pela Cloud, o Cisco Umbrella fornece uma plataforma de segurança efetiva que é aberta, automatizada e fácil de utilizar, sendo a primeira linha de defesa contra as ameaças da Internet, independentemente de onde os utilizadores se situem.

 

Cisco AMP for Endpoints

Cisco Advanced Malware Protection (AMP) for endpoints fornece proteção point-in-time contra ficheiros de malware conhecidos e utiliza análise contínua e segurança restropetiva para detetar malware que escapou na inspeção inicial.

Utilizando a combinação de assinaturas de ficheiros, reputação dos ficheiros, indicadores de comportamento e sandboxing, o AMP pode parar a execução inicial do exploit box no endpoint e, pode também, parar a execução de ficheiros de ransomware e apagar os mesmos.

Ao mesmo tempo, o AMP continua a analisar e registar toda a atividade dos ficheiros de um sistema. Se, mais tarde, o ficheiro se comportar de uma forma suspeita, o AMP retrospetivamente deteta e alerta a equipa de segurança.

O AMP fornece um histórico de registos detalhados do comportamento do malware ao longo do tempo, incluindo onde e como entrou na rede, por onde andou e o que está a fazer. Baseado num conjunto de políticas, o AMP pode de uma forma automática conter e remediar a ameaça, ou permitir que a equipa de segurança possa, de uma forma manual, bloquear e remediar através de uns simples cliques na consola.

 

Conclusão

Os ataques de Ransomware continuam a aumentar em persistência, roubo, discrição bem como em potenciais danos e custos. A capacidade dos ataques de ransomware poderem desativar completamente redes inteiras estende os seus danos muito mais além do valor monetário necessário, comprometendo o acesso aos sistemas críticos. Poderá ser catastrófico se um ataque de ransomware acontecer na organização.

As soluções de Cisco Umbrella e Cisco AMP for endpoints são duas soluções de segurança que ajudam a proteger a organização destes ataques e permitem que o negócio continue a funcionar continuamente.

 

Advertorial

Artigo elaborado por Cisco e Comstor

TAGS

Cisco Comstor

Recomendado pelos leitores

Criptojacking: a nova mina de ouro do cibercrime
SEGURANÇA

Criptojacking: a nova mina de ouro do cibercrime

LER MAIS

Sophos reforça compromisso com o mercado português de cibersegurança
SEGURANÇA

Sophos reforça compromisso com o mercado português de cibersegurança

LER MAIS

Quase metade das empresas não mudam estratégia de segurança mesmo após sofrerem um ataque
SEGURANÇA

Quase metade das empresas não mudam estratégia de segurança mesmo após sofrerem um ataque

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 49 Julho 2018

IT CHANNEL Nº 49 Julho 2018

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.