2020-5-21

SEGURANÇA

Advertorial

Conectividade e segurança, aliados indispensáveis nesta nova realidade

A pandemia de COVID-19 que atualmente nos assola trouxe-nos uma grande incerteza, com mudanças a todos os níveis e em todos os países

André Rodrigues, Cisco Portugal CTO

Grande parte da população mundial encontra-se confinada e em teletrabalho – muitos pela primeira vez, tendo de conjugar a vida profissional com os cuidados e assistência à família. Um conforto que podemos retirar desta situação, no entanto, é que todos estamos a passar pelo mesmo, de uma forma ou de outra, e felizmente são muitos os que tentam melhorá-la.

Na Cisco, compreendemos desde o primeiro minuto a importância que teriam agora, e mais do que nunca, a conectividade e a segurança: a comunicação e a colaboração são fundamentais, mas é imperativo que aconteçam em condições confiáveis para todos. Na situação atual, as empresas e organizações devem lembrar-se que a segurança é uma prioridade absoluta e assenta essencialmente em três medidas-chave: utilizar ferramentas de colaboração com segurança integrada, reforçar a segurança com soluções complementares e atuar, em todos os momentos, com consciência e senso comum.

Sabendo que as ferramentas de colaboração remota têm sido fundamentais – em particular as de videoconferência, que de um momento para o outro se tornaram a nova realidade do quotidiano – a Cisco tem proporcionado várias das suas plataformas de forma gratuita, para que organizações e particulares possam manter-se conectados, próximos e produtivos. Destaca-se, entre elas, o Cisco Webex, a solução de videoconferência líder de mercado a nível mundial que oferece um conjunto completo de ferramentas de colaboração com altos padrões e requisitos de segurança embebidos by design.

O Webex regista uma utilização sem precedentes, ultrapassando os 500 milhões de utilizadores individuais apenas no mês de abril – em janeiro, por exemplo, registara 153 milhões – e mais de mil milhões de minutos de reunião por cada dia útil do mesmo mês.

Para além das ferramentas de colaboração aplicadas ao trabalho remoto, é também muito necessário o reforço da segurança já existente, através de soluções como o Cisco Secure Remote Worker, uma opção simples, integrada e escalável que oferece a força e o alcance da abordagem das plataformas Cisco, para proteger todos os dispositivos, em qualquer lugar:

Cisco Duo – Verifica a identidade de todos os utilizadores e valida a confiança do dispositivo antes de permitir o acesso a aplicações corporativas, através de uma autenticação multifator simples e segura;

Cisco Umbrella – Serviço Cloud que protege os utilizadores de acessos maliciosos à internet, independente de onde estejam, dentro ou fora da rede corporativa;

Cisco AnyConnect Mobility Client – Através de uma conexão de rede privada virtual (VPN), permite um acesso seguro à rede empresarial para qualquer utilizador, a partir de qualquer dispositivo, em qualquer momento e lugar;

Cisco AMP for Endpoints – Para a proteção, defesa e resposta avançada contra ameaças nos dispositivos, protegendo os utilizadores e os terminais corporativos e pessoais.

A Cisco está empenhada em tornar esta nova realidade tão fácil quanto possível para todos, contribuindo para o progresso na direção de uma maior consciencialização sobre segurança, e também para os processos de digitalização das organizações. Assumimos uma postura proativa para dar resposta às necessidades que possam surgir, com ações preventivas como gestão contínua da capacidade, scaling-up progressivo, segmentação dos tipos de utilizadores priorizando segundo a sua missão (em especial cuidados de saúde, governo e infraestruturas críticas) e mantendo um ecossistema global massivamente conectado, com redundância, mecanismos de failover e novas competências de segurança.

O mundo torna-se cada vez mais digital e queremos fazer tudo ao nosso alcance para manter as organizações seguras e proteger a sua privacidade – pois acreditamos que é um direito humano fundamental e sabemos que neste momento os mais vulneráveis serão os mais atacados. Capacitar as diferentes entidades com opções seguras para manterem a continuidade da sua atividade, não só lhes permite ultrapassar uma situação sem precedentes como a que vivemos atualmente, como também acelerar o crescimento e proteger o seu futuro, bem como o dos seus colaboradores.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext, pela Cisco e pela Westcon

TAGS

Cisco Westcon

Recomendado pelos leitores

Garmin confirma que foi vítima de ciberataque
SEGURANÇA

Garmin confirma que foi vítima de ciberataque

LER MAIS

Erro humano está ligado a 60% das falhas de segurança
SEGURANÇA

Erro humano está ligado a 60% das falhas de segurança

LER MAIS

Serviços de VPN com fuga de dados de mais de 20 milhões de utilizadores
SEGURANÇA

Serviços de VPN com fuga de dados de mais de 20 milhões de utilizadores

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 69 JULHO 2020

IT CHANNEL Nº 69 JULHO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.