2020-10-19

SEGURANÇA

British Airways recebe multa de 20 milhões de libras por data breach

A entidade de proteção de dados do Reino Unido reconsiderou a multa a aplicar à companhia aérea e fixou o valor nos 20 milhões de libras, cerca de 22,1 milhões de euros

A 6 de setembro de 2018, a British Airways anunciou que os seus sistemas tinham sido hackeados, o que resultou no roubo de informação de cerca de 400 mil clientes. O ataque em si ocorreu em junho do mesmo ano e a companhia aérea só tomou conhecimento do ataque depois de ser notificada por uma outra entidade.

Agora, a ICO, a entidade britânica para a proteção de dados, decidiu multar a British Airways em 20 milhões de libras (cerca de 22,1 milhões de euros) por ter falhado a proteção dos detalhes pessoais e financeiros dos seus clientes.

No entanto, a multa acaba por ser – em parte – uma boa notícia para a companhia aérea: em julho de 2019, a ICO propôs multar a British Airways com 183,39 milhões de libras (mais de 200 milhões de euros) pelo data breach.

A multa seguiu as linhas do RGPD, uma vez que o Reino Unido ainda fazia parte da União Europeia na altura do ciberataque. A multa terá sido aprovada por outras entidades de proteção de dados de outros países pertencentes à União Europeia.

Recomendado pelos leitores

Reguladora da UE diz que reconhecimento facial devia ser banido
SEGURANÇA

Reguladora da UE diz que reconhecimento facial devia ser banido

LER MAIS

Ciberinteligência, um passo além da cibersegurança
SEGURANÇA

Ciberinteligência, um passo além da cibersegurança

LER MAIS

Microsoft anuncia plano de limitação de dados no espaço europeu
SEGURANÇA

Microsoft anuncia plano de limitação de dados no espaço europeu

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 77 MAIO 2021

IT CHANNEL Nº 77 MAIO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.