2019-10-30

REDES & TELECOM

Huawei e ZTE longe das operadoras americanas, pede regulador

A entidade reguladora de telecomunicações dos EUA planeia votar em novembro para designar as chinesas Huawei e ZTE como riscos para a segurança nacional, impedindo que as operadoras rurais clientes destas empresas utilizem um fundo federal de 8,5 mil milhões para aquisição de equipamentos e serviços

A Federal Communications Commission (FCC) – análoga à Anacom — planeia também propor que as operadoras removam e substituam equipamentos das empresas designadas, segundo representantes da FCC.

Numa reunião marcada para 19 de novembro, a FCC vai propor perguntar às operadoras quanto custaria remover e substituir equipamentos da Huawei e ZTE das redes existentes e estabelecer um programa de reembolso para compensar os custos de remoção.

"Quando se trata de 5G e da segurança da América, não podemos arriscar-nos e esperar pelo melhor", referiu o chairman da FCC, Ajit Pai, em comunicado. “À medida que os Estados Unidos modernizam as suas redes para o 5G, não podemos ignorar o risco de o governo chinês procurar explorar vulnerabilidades de rede para levar a cabo espionagem e ataques de malware que comprometam as nossas redes de comunicação críticas”.

Esta é a mais recente de uma série de ações do governo dos EUA destinadas a impedir que as suas empresas adquiram equipamentos Huawei e ZTE.  As tecnológicas ainda terão 30 dias para contestar a designação da FCC, e não é esperada uma remoção final obrigatória do equipamento até ao próximo ano.

Recomendado pelos leitores

Como tirar o máximo partido do 5G
REDES & TELECOM

Como tirar o máximo partido do 5G

LER MAIS

QNAP lança solução SD-WAN QuWAN
REDES & TELECOM

QNAP lança solução SD-WAN QuWAN

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 69 JULHO 2020

IT CHANNEL Nº 69 JULHO 2020

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.