2021-5-18

REDES & TELECOM

Advertorial

Digital Age Networking

O mais importante não é a tecnologia, mas sim a solução que o seu negócio precisa

Fernando Alves, Partner, Sales Manager, Blue IP

Para alcançar vantagens competitivas, organizações, públicas e privadas, procuram estratégias que ajudem a melhorar os seus processos, diferenciar os seus produtos e serviços, garantir a satisfação de clientes reduzindo custos e aumentando receitas. A transformação digital, era já em finais de 2019 o caminho adotado por muitas organizações em Portugal.

Este processo veio ganhar uma urgência maior com a crise pandémica. Aquilo que a maioria dos integradores e fabricantes andavam a promover junto dos seus clientes há vários anos; deslocalização do posto de trabalho, hot desking, virtualização, alojamento de infraestrutura em cloud e comunicações unificadas, tornou-se uma necessidade imediata. As infraestruturas de networking que são por natureza impactadas por estas evoluções não puderam ficar para trás.

Mesmo retirando da equação a crise pandémica e levando em conta apenas os desafios com que se debatem as organizações, encontramo- nos numa conjuntura favorável à inovação e transformação digital como promovida pela Alcatel Lucent Enterprise.

O Digital Age Networking estabelece um novo quadro de requisitos no desenho das redes empresariais, facilitando às organizações a sua entrada na era da transformação digital. É um catalisador de mudança e inovação numa área tradicionalmente estática, ajudando as empresas a retirar partido do investimento tecnológico. É uma solução de rede de alto desempenho, definida por serviços (Service Defined Network) aprovisionados automaticamente, garantindo ao utilizador Qualidade de Experiência (QoE) e integração segura de IoT. A solução traduz os requisitos do negócio no aprovisionamento dos serviços adequados e na configuração da rede. Reconhece e otimiza a QoE de todos os utilizadores e objetos, garantindo que estes acedem apenas a recursos autorizados.

O Shortest Path Bridging (SPB), standard IEEE 802.1aq, maximiza o uso de todos os links da rede física, controlando as métricas de exploração da rede, proporcionando uma arquitetura eficiente e resiliente. Disponibiliza informação essencial ao Intelligent Fabric (iFab), automatizando e simplificando alterações, ampliações e mudanças, reduzindo o tempo e o esforço necessários para manter e operar uma rede. Assegura ainda que os serviços de rede são fornecidos com base em perfis de rede universais (UnP), garantindo que as políticas são estabelecidas para utilizadores e dispositivos, aplicando-as de forma consistente, independentemente do local e do tipo de conexão utilizada; Ethernet ou Wi-Fi.

A solução Digital Age Networking simplifica, de forma segura, como pessoas, dispositivos e objetos se ligam na rede. Oferece um nível de desempenho ajustado aos requisitos de cada perfil, integrando na plataforma de gestão toda a informação recolhida sobre exploração da rede. Proporciona através de Autonomous Network análise preditiva, diagnósticos, estratégias de identificação de problemas e autorregeneração de rede (Self-healing Network), apoiando a direção técnica na tomada de decisão sobre a estratégia de evolução da rede.

Um caso de sucesso

A BlueIP – Technology Partner, é um integrador de soluções de Comunicação e Tecnologias de Informação. Propomo- -nos fazer o acompanhamento continuado dos nossos clientes, baseado nas melhores práticas do setor. Motiva-nos o desafio do projeto, a especificidade e ir mais além com os nossos clientes. Recentemente um destes desafios resultou num projeto muito interessante. O cliente, uma concessionária rodoviária que gere um conjunto de autoestradas em Portugal, tinha eletrónica de rede EOL / EOS, que geria com risco, parca em mecanismos de redundância nas praças de portagem e com performance comprometida pela introdução de novas formas de pagamento, CCTV e IoT.

Após aferir a oferta disponível no mercado, consultou a BlueIP, que em Parceria com a Alcatel-Lucent Enterprise e em concorrência com os principais fabricantes do mercado, preconizaram uma solução que foi ao encontro dos requisitos do projeto colocados pelo cliente:

  • Solução de rede redundante que assegure a existência de dois links ativos mitigando o risco de disrupção da rede;
  • Segregação de serviços disponíveis na rede de forma segura;
  • Backup da rede através de rede concessionária Parceira por três pontos de interligação existentes entre as duas concessionárias;
  • Shortest Path Bridging (SPB) IEEE 802.1aq;
  • Network Access Control (NAC) IEEE 802.1X;
  • Segmentação da rede e imunidade do backbone em caso de vulnerabilidade de algum serviço;
  • Plataforma de gestão de rede centralizada, monitorização, análise preditiva e autorregeneração de rede (Self-healing Network).

Uma vez avaliados todos os requisitos do cliente, apresentámos a solução Alcatel-Lucent Digital Age Networking. Com o apoio local do fabricante, fizemos provas de conceito e apresentámos vários casos de sucesso no setor dos transportes. O cliente, após análise das soluções apresentadas e uma séria negociação, adjudicou a proposta à BlueIP.

Este projeto está no final do roll-out, com clara satisfação por parte do cliente, que vê todos os seus requisitos cumpridos, passando a usufruir de uma infraestrutura de alta disponibilidade, performance, segura, inovadora, resiliente e acima de tudo, à prova do futuro.

 

Conteúdo co-produzido pela MediaNext e pela Alcatel-Lucent Enterprise

IT CHANNEL Nº 82 NOVEMBRO 2021

IT CHANNEL Nº 82 NOVEMBRO 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.