2019-11-22

NEGÓCIOS

Xerox considera aquisição hostil da HP

Depois da HP ter rejeitado a proposta de aquisição efetuada pela Xerox, a empresa deu até dia 25 de novembro para a HP responder, ou irá lançar uma aquisição hostil

No início do mês, a Xerox fez uma proposta de aquisição no valor de 33,5 mil milhões de dólares pela HP, numa proposta que envolvia dinheiro e ações da Xerox. No entanto, a HP rejeitou a proposta, afirmando que avaliava por baixo a empresa, mas mostrou-se aberta a explorar outras Parcerias com a Xerox.

Entretanto, o investidor Carl Icahn adquiriu uma participação de 1,2 mil milhões de dólares na HP e forçar a aquisição da empresa por parte da Xerox. De notar que Icahn tem uma participação de 10,6% na Xerox e, com esta nova aquisição, uma participação de 4,24% na HP.

Nesta quinta-feira, a Xerox enviou uma carta ao conselho de administração da HP com uma mensagem onde afirma que vai continuar a procurar uma aquisição da HP.

John Visentin, vice-chairman e CEO da Xerox, escreveu que a empresa está muito surpresa “com a decisão do conselho de administração da HP em rejeitar sumariamente a nossa proposta de aquisição de ações da HP por 22 dólares por ação”.

Visentin acrescenta que “embora tenhamos ficado agradados de ver que o conselho de administração da HP reconhece os méritos substanciais de uma combinação de negócios entre a Xerox e a HP e está aberto a explorar a oportunidade de valor para nossos respetivos acionistas, a sua resposta não tem um caminho claro a seguir”.

O CEO da Xerox continua que a HP “solicitou a devida diligência habitual, que aceitamos, mas recusou-se a concordar com a devida diligência correspondente para a Xerox. Qualquer processo amigável para uma combinação deste tipo requer diligências mútuas – a proposta de diligência unidirecional [da HP] é uma tática de atraso desnecessária”.

Por fim, John Visentin escreve que “o conselho de administração da Xerox está determinado a prosseguir rapidamente a proposta de aquisição da HP até à sua conclusão - não vemos motivo para mais atrasos. Consequentemente, a menos que a HP e a Xerox concordem com a devida diligência confirmatória mútua para apoiar um acordo amigável até as 17h00 EST [22h, na hora de Lisboa], na segunda-feira, 25 de novembro de 2019, a Xerox levará o seu caso convincente para criar um valor superior para os nossos respetivos acionistas diretamente aos vossos acionistas. Aguardamos a vossa pronta resposta”.

Recomendado pelos leitores

“Hoje, existe a certeza de que a segurança não é um custo, mas sim um investimento”
NEGÓCIOS

“Hoje, existe a certeza de que a segurança não é um custo, mas sim um investimento”

LER MAIS

Primavera destaca-se pela relação transparente com os seus Parceiros
NEGÓCIOS

Primavera destaca-se pela relação transparente com os seus Parceiros

LER MAIS

Distribuição cresceu 11,6%
NEGÓCIOS

Distribuição cresceu 11,6%

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 63 DEZEMBRO 2019

IT CHANNEL Nº 63 DEZEMBRO 2019

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.