2017-4-13

HARDWARE

Mercado de PCs cresce pela primeira vez em cinco anos

O mercado de PCs tradicionais (desktops, notebooks, workstations) superou as expetativas que davam conta de uma queda de 1,8% no primeiro trimestre do ano e conseguiu um crescimento de 0,6%, com 60,3 milhões de unidades vendidas

De acordo com a IDC, embora o crescimento inferior a 1% mostre alguma estagnação, estes números representam um novo fôlego para um mercado que não crescia desde o Q1 de 2012.

Tal como se verificou durante a segunda metade de 2016, existem algumas forças que continuam a moldar este mercado. Recursos limitados de componentes-chave (NAND e DRAM) estão a afetar a dinâmica dos inventários e a levar um conjunto de fabricantes a alavancar as suas vendas de modo a garantirem os recursos antes dos seus custos subirem.

Como seria de esperar, os mercados maduros superaram, mais uma vez, os emergentes. Todas as regiões superaram as previsões de crescimento à exceção dos EUA, que verificou uma ligeira descida dos seus resultados. Na EMEA o mercado de PCs tradicionais estabilizou, graças a uma forte performance no segmento de notebooks. A necessidade de mobilidade das empresas impulsionou as vendas globais de notebooks no primeiro trimestre.

A nível de fabricantes, a HP conseguiu atingir pela primeira vez a liderança do mercado global de PCs. Focada em construir um portfólio consolidado, a HP foi capaz de crescer 13,1% e com isso alcançar uma quota de mercado de 21,8%. A Lenovo, que durante algum tempo manteve a liderança, passou assim para o segundo lugar do mercado, com um crescimento global de apenas 1,7%.

A fechar o pódio de fabricantes encontra-se a Dell, que neste primeiro trimestre do ano cresveu 6,2% e consolidou uma quota de mercado de 15,9%. Logo seguida está a Apple, com um crescimento de 4,1% e a Acer, que verificou uma subida de 2,9%.

O mercado de PCs tradicionais tem atravessado uma fase difícil, tanto pela concorrência dos tablets e dos smartphones, assim como pela extensão do cliclo de vida dos PCs, que levaram a uma queda das vendas dos PCs de quase 30% em 2011”, refere Jay Chou, research manager, IDC PCD Tracker. “Todavia, os utilizadores têm habitualmente atrasado a substituição dos seus PCs ao invés de darem preferência a outros dispositivos no seu lugar. O mercado de consumo está a iniciar um ciclo de renovação que deverá dar lugar a algum crescimento. A procura dos consumidores continuará sob pressão, embora o crescimento em segmentos como o de gaming, assim como o aumento da saturação dos tablets e smartphones venha a dar lugar a uma estabilização do mercado”.

Recomendado pelos leitores

Lenovo lança novos servidores ThinkSystem
HARDWARE

Lenovo lança novos servidores ThinkSystem

LER MAIS

Canon oferece vantagens competitivas para os Parceiros com série ImageRunner C1530
HARDWARE

Canon oferece vantagens competitivas para os Parceiros com série ImageRunner C1530

LER MAIS

HP anuncia nova linha Envy
HARDWARE

HP anuncia nova linha Envy

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 76 ABRIL 2021

IT CHANNEL Nº 76 ABRIL 2021

VER EDIÇÕES ANTERIORES

O nosso website usa cookies para garantir uma melhor experiência de utilização.