2016-8-22

OPINIÃO

Centro de Dados - benefícios da manutenção de equipamentos de refrigeração

Uma paragem num Centro de Dados é demasiado dispendiosa para ignorar a importância de um plano de manutenção para os equipamentos de refrigeração

Os profissionais de empresas de tecnologias de informação enfrentam uma pressão enorme para manter os seus Centros de Dados em funcionamento. Na verdade, até a mais curta paragem pode representar uma enorme quebra de produtividade e de receitas para uma empresa. Segundo a Gartner, um minuto de paragem tem um custo médio de aproximadamente 5.000€ por minuto, chegando aos 270.000€ por hora. Não surpreende por isso que vários gestores de Centros de Dados estabeleçam contratos com fornecedores de serviços para a manutenção recomendada dos seus equipamentos.

Recentemente, num focus group, os responsáveis de Centros de Dados deixaram claro que é tão importante para eles terem um contrato de manutenção para os equipamentos de refrigeração como para as suas fontes de alimentação ininterrupta (UPS). De acordo com os participantes, o motivo deve-se ao facto do equipamento de refrigeração requerer mais energia para funcionar e ter mais componentes mecânicas, o que significa que há um maior potencial para eventualmente se desgastarem e necessitarem de ser substituídas.

Além disso, os Centros de Dados devem, de acordo com as normas estabelecidas pela ASHRAE (American Society of Heating, Refrigerating, and Air-Conditioning Engineers), operar a uma temperatura até 27 graus Celsius. Os Centros de Dados com equipamentos de refrigeração envelhecidos não só estão em risco de sofrerem falhas, como também podem ter dificuldades em manter a eficiência para a qual estes padrões de temperatura foram estabelecidos, tornando os Centros de Dados potencialmente ineficientes, ao mesmo tempo que desperdiçam dinheiro através de custos de energia desnecessários. Os benefícios específicos para estabelecer um contrato de manutenção com um profissional de equipamentos de refrigeração para Centros de Dados irá variar de acordo com a sua tolerância ao risco, orçamento disponível e requisitos de conformidade. No entanto, partilho três benefícios específicos que devem, na minha perspetiva, ser tidos em conta:

1. Manutenção periódica irá reduzir tempos de paragem inesperados. Um bom e experiente profissional de manutenção em equipamentos de refrigeração, pode identificar componentes que estão perto do fim da sua vida útil e substituí-los antes que estes deixem de funcionar.

Os técnicos de manutenção de refrigeração podem também verificar e gerir proativamente os filtros sujos, fios soltos, hotspots e humidificadores, entre outros problemas.

2. Manutenção pode aumentar a eficiência. Os sistemas de refrigeração são tipicamente grandes consumidores de energia e são quase sempre alimentados por energia eléctrica. O seu funcionamento normalmente coincide com períodos que estão sujeitos ao tarifário de energia elétrica mais elevado. Estes dois fatores económicos têm ajudado a dinamizar avanços significativos na conceção e eficiência dos sistemas de arrefecimento ao longo da última década. De acordo com a US Small Business Administration, os ares-condicionados de hoje em dia usam 30 a 50% menos energia para produzir a mesma quantidade de refrigeração do que os ares-condicionados fabricados em meados de 1970.

As melhorias de eficiência são alcançáveis de diferentes formas. Exemplos como a limpeza dos condensadores de permuta, pode aumentar significativamente o arrefecimento do sistema e consequentemente reduzir o consumo de energia sem substituir quaisquer componentes. No entanto, em alguns casos, a substituição de determinados componentes irá também aumentar a eficiência. Isto significa que, mesmo que os profissionais de manutenção estejam apenas a substituir componentes dentro do seu sistema de refrigeração existente como parte de uma iniciativa de manutenção regular, é provável que beneficie de poupanças de energia.

3. Equipamento de refrigeração pode ser otimizado. Muitas empresas operam os seus Centros de Dados em temperaturas muito mais baixas do que o necessário, desperdiçando dinheiro no processo. Um técnico de manutenção de equipamentos de refrigeração qualificado, pode estudar a arquitetura do Centro de Dados, determinar a melhor localização para o equipamento de refrigeração e a melhor forma de o gerir.

Assim que os gestores de Centros de Dados se convencerem das vantagens operacionais e financeiras de um contrato de serviço de manutenção dos equipamentos de refrigeração, o próximo passo é escolherem o respetivo fornecedor do serviço. Há diferentes tipos de fornecedores de serviços de manutenção de refrigeração que vão desde pequenas empresas locais a grandes fornecedores OEM. O fornecedor indicado para si, depende das necessidades individuais da sua empresa. No entanto, existem algumas qualificações importantes que deve exigir a qualquer prestador de serviços de manutenção.

Como descrito anteriormente, os atuais sistemas de arrefecimento são constituídos por componentes sofisticados. Para lidar corretamente com estes equipamentos terá de garantir que o seu fornecedor de serviços de manutenção, disponibiliza técnicos especializados que estão qualificados com as ferramentas adequadas, formações de fábrica e conhecimento do produto para obter o máximo proveito do seu sistema.

A escolha de técnicos especializados é importante para o seu negócio por três razões principais: em primeiro lugar, permite-lhe ter a certeza que as garantias do seu produto permanecerão intactas; em segundo lugar, permite que estes técnicos consigam diagnosticar com maior precisão e resolver problemas nos seus equipamentos antes que estes levem a problemas maiores; e em terceiro lugar fornece-lhe uma oportunidade de ter os seus equipamentos otimizados para garantir a máxima eficiência. O melhor parceiro em sistemas de refrigeração não só irá abordar questões de manutenção, mas também irá dar sugestões claras sobre como melhorar a eficiência global da infraestrutura de refrigeração do Centro de Dados através de boas práticas e utilização das mais recentes tecnologias.

 

Gabriel Longo, Field Services Sales Manager da Schneider Electric

IT CHANNEL Nº40 Setembro de 2017

IT CHANNEL Nº40 Setembro de 2017

VER EDIÇÕES ANTERIORES