StorageCraft - Databox – Advertorial em 2017-8-04

NEGÓCIOS

Como recuperar de um desastre

As empresas continuam a ignorar a importância das cópias de segurança e recuperação de desastre

Ter um plano de cópias de segurança e recuperação de desastre é crucial não apenas para grandes empresas, porque no que toca a falhas de segurança não há lugar a discriminações.

Dados do ano passado nos EUA revelam que 1 hora de paragem pode custar a pequenas empresas 8.000USD, médias empresas 74.000USD e grandes empresas até 700.000USD. De acordo com o National Archives and Records Administration, mais de 90% das empresas que sofrem uma paragem superior a 7 dias do seu centro de dados, encerram portas em menos de 1 ano.

Ainda assim, 65% de todos os negócios não têm um plano de salvaguarda ou de recuperação de dados! Tanto a Analysts Forrester como a Gartner reportam que 60% das empresas classificam as cópias de segurança e um plano de recuperação como críticos, mas apenas 35% têm efetivamente alguma forma de proteção de dados em produção.

DRAAS como uma opção de negócio

O cibercrime tem crescido nos últimos anos tendo por alvo empresas de todas as dimensões através de malware e ataques de ransomware. Os desastres naturais como inundações, terramotos ou incêndios, ainda que sejam menos comuns podem ser devastadores.

Os sistemas são propensos a falhas, uma vez que nenhuma solução é 100% perfeita. Naturalmente que as empresas também estão sujeitas ao erro humano, que na verdade é responsável por cerca de 80% dos desastres.

Os benefícios de ter um plano de backup e recuperação de desastre podem parecer óbvios: mitigar o risco, minimizar o tempo de paragem dos sistemas e mesmo responder a obrigações legais, porém são frequentemente esquecidos ou subestimados, o que representa uma grande oportunidade para o canal, com os analistas a preverem que este mercado possa crescer até 10 vezes nos próximos 3 anos.

As margens na venda de Recuperação de Desastre e as receitas recorrentes de o fazer numa perspectiva de serviço (DraaS) tornam-na numa oferta muito apelativa. Qualquer fornecedor de serviços geridos pode assim libertar os seus clientes do fardo de ter de assegurar a proteção de dados e garantir a continuidade do negócio.

Uma oferta de DraaS significa não apenas vender um software de backup, mas sim assegurar uma solução completa de recuperação de desastre que permita manter os dados seguros, acessíveis e sobretudo recuperáveis de forma instantânea. Estimar o custo efectivo de uma paragem é fulcral para demonstrar a um cliente o porquê de investir numa solução completa de recuperação de desastre.

StorageCraft tem a solução

A StorageCraft com a sua solução ShadowProtect, recebida pela sua sólida fiabilidade, permite-lhe salvaguardar sistemas, aplicações e dados, replicando- -os localmente ou para uma cloud.

Sendo que o backup não é um fim por si mesmo, a grande mais-valia da solução está na rapidez e flexibilidade de recuperação, pois permite recuperar desde um simples ficheiro até a uma máquina completa num único passo e para um ambiente físico ou virtual, Windows ou Linux.

A StorageCraft disponibiliza soluções de backup e recuperação que permitem a qualquer parceiro fazer uma recuperação de sistemas, após uma qualquer falha crítica, numa questão de minutos. Como fabricante trabalha exclusivamente através do canal de revenda e todos os meses realiza ações de formação técnica para dotar os parceiros de todas as ferramentas para serem autónomos no desenho, instalação, configuração e sobretudo recuperação dos sistemas em caso de falha.

 

Recentemente a StorageCraft assinou um contrato de distribuição exclusivo com a Databox por forma a permitir alargar o espectro de parceiros atuais e tornar as suas soluções, vencedoras de vários prémios internacionais, acessíveis a cada vez mais parceiros e clientes.

 

 

Advertorial

Artigo da autoria de StorageCraft e Databox

                                                                     

 

 

 

 

Recomendado pelos leitores

Os vários tipos de Marketing: saiba qual é o certo para a sua empresa
NEGÓCIOS

Os vários tipos de Marketing: saiba qual é o certo para a sua empresa

LER MAIS

Digital pode ajudar economia portuguesa a crescer 3,2 mil milhões de euros até 2020
NEGÓCIOS

Digital pode ajudar economia portuguesa a crescer 3,2 mil milhões de euros até 2020

LER MAIS

Portugal é dos países com profissionais de IT menos preparados para o RGPD
NEGÓCIOS

Portugal é dos países com profissionais de IT menos preparados para o RGPD

LER MAIS

IT CHANNEL Nº41 Outubro de 2017

IT CHANNEL Nº41 Outubro de 2017

VER EDIÇÕES ANTERIORES