2016-11-14

CLOUD

Tráfego cloud crescerá quatro vezes em cinco anos

O relatório anual Cisco Global Cloud Index (2015-2020) demonstra que o crescimento do tráfego global de cloud deverá multiplicar-se por quatro nos próximos cinco anos

Este relatório anual conclui ainda que em 2020, o tráfego dos data centers cloud deverá atingir 14,1 ZB anuais, desde os 3,9 ZB registados em 2015, enquanto o tráfego dos data centers tradicionais alcançará 1,3 ZB anuais (827 Exabytes – EB – anuais contabilizados em 2015).

Daqui a quatro anos 92% das cargas de trabalho serão processadas em data centers cloud, ao passo que os 8% restantes serão processados em data centers tradicionais. Paralelamente, a densidade das cargas de trabalho (cargas de trabalho por servidor físico) dos data centers cloud foi 7,3 em 2015, número que aumentará para 11,9 em 2020.

Os data centers tradicionais, por seu lado, registaram uma densidade de 2,2 em 2015, que aumentará ligeiramente até 3,5 em 2020. Até 2020, a cloud pública deverá crescer mais rápido do que a privada. De acordo com os dados, dentro do período analisado 68% (298 milhões) das cargas de trabalho cloud serão processadas em data centers de Cloud públicas (49%, o equivalente a 66,3 milhões em 2015, correspondente a uma taxa de aumento anual de 35%).

Ao mesmo tempo, espera-se que 32% (142 milhões) das cargas de trabalho cloud sejam processadas em data centers Cloud privados, uma queda relativamente aos 51% (69,7 milhões) registados em 2015 (15% de aumento anual). Prevê-se também que mais utilizadores recorram à cloud para armazenamento, um volume que deverá expressar 2,300 milhões de utilizadores individuais de Internet, 53%. A capacidade de armazenamento dos data centers também terá de crescer, prevendo-se um aumento de até 1,8 ZB.

Em 2020 a capacidade total de armazenamento instalado dos Data Centers Cloud à escala global representará 88% de toda a capacidade de armazenamento dos Data Centers (64,9% em 2015). O Big Data continuará a ter um papel importante e espera-se que venha alcançar os 247 EB em 2020, multiplicando-se quase por 10, contando a partir dos 25 EB em 2015. Só a Big Data representará 27% de todos os dados armazenados em data centers em 2020.

A IoT continuará a crescer e os dados gerados por esta tecnologia vão alcançar 600 ZB anuais em 2020, 275 vezes mais que o tráfego previsto, viajando dos data centers até aos utilizadores/dispositivos finais (2,2 ZB); e 39 vezes mais que todo o tráfego de data center previsto (15,3 ZB). Em 2020, a Cisco prevê que a quantidade de dados armazenados em dispositivos (5,3 ZB) seja cinco vezes maior que os dados armazenados em data centers.

Recomendado pelos leitores

NFON chega a Portugal com ambição de levar telefonia das empresas para modelo all IP
CLOUD

NFON chega a Portugal com ambição de levar telefonia das empresas para modelo all IP

LER MAIS

Gartner: Transformação digital e IoT vão impulsionar investimentos em gestão de operações de IT
CLOUD

Gartner: Transformação digital e IoT vão impulsionar investimentos em gestão de operações de IT

LER MAIS

Canon atualiza plataforma cloud
CLOUD

Canon atualiza plataforma cloud

LER MAIS

IT CHANNEL Nº 39 julho 2017

IT CHANNEL Nº 39 julho 2017

VER EDIÇÕES ANTERIORES